Escola Bonita destinou R$ 19,2 milhões a revitalizações de colégios
20/11/2020 - 11:43

Encerrado no fim de outubro, o programa Escola Bonita, da Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná, totalizou R$ 19,2 milhões empregados na revitalização de escolas da rede estadual. Cada colégio pôde usar os recursos de acordo com suas necessidades individuais, incluindo pintura, reparos em estruturas físicas, melhorias nos espaços comuns, bibliotecas, laboratórios, quadras esportivas e pátios, além de serviços de jardinagem e limpezas especializadas. O valor repassado à Secretaria para a implementação do programa é proveniente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), órgão vinculado à pasta. 

O CEEBJA Profª. Maria Deon de Lira, no bairro Boqueirão, em Curitiba, foi um dos colégios que participaram do programa. Nele, houve pintura do muro, aquisição de equipamentos de iluminação para a quadra — os alunos do período noturno não podiam praticar atividades esportivas devido à escuridão — e construção de um laboratório de Ciências, com bancada, pia e banquetas. “Antes, o professor precisava levar os materiais, como microscópios e a peça de dorso, para cada sala de aula. Agora, há um lugar para centralizar itens para o estudo das Ciências”, diz Luciana Luchetti, diretora da instituição.

No Colégio Estadual Marechal Cândido Rondon, no Portão, também em Curitiba, houve revitalização da quadra esportiva, incluindo pintura do piso e troca da tela de alambrado. Após a finalização das reformas, aconteceu, ainda, uma ação em parceria com a comunidade local. Moradores da região e pais de alunos, ao lado de agentes e professores da escola, participaram da pintura dos muros. “No muro externo, temos personagens da Física e da Literatura, como Albert Einstein e Machado de Assis. Já no muro da quadra, tem desenhos que representam diferentes modalidades esportivas, como vôlei e basquete”, conta o diretor Cláudio Aparecido Eduardo.

“Queremos que os alunos e os profissionais da Educação se sintam acolhidos, sintam que o ambiente é propício para a aprendizagem e também para o convívio da comunidade escolar”, diz o secretário estadual da Educação, Renato Feder. “As escolas são ambientes de crescimento e bem-estar e devem proporcionar isso”, acrescenta.

O Programa Escola Bonita foi criado em março de 2020, como parte do Minha Escola Sempre Nova, programa de investimentos para aquisição de equipamentos, mobiliário e utensílios para as unidades da rede estadual. Devido à pandemia da Covid-19, todas as obras de revitalização que deveriam ser concluídas até junho tiveram seu prazo prorrogado para outubro.

Últimas Notícias