Ferramenta de gestão auxilia educadores a acompanharem rendimento de estudantes
07/04/2021 - 17:22

Diretores e coordenadores de colégios da rede estadual do Paraná passaram a utilizar uma ferramenta de gestão, baseada em BI (Business Intelligence ou Inteligência Empresarial), para acompanhar a evolução do estudo dos alunos, seu rendimento e frequência nas aulas. Desenvolvido pela Seed-PR (Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná), o sistema permite a visualização de quantos meets (aulas ao vivo) são realizados, quantos alunos estão participando, quantas atividades cada estudante fez e quantas delas ele acertou. Dessa forma, é possível fazer diagnósticos do ensino virtual mais abrangentes — de Núcleos Regionais da Educação ou de cidades, por exemplo — até mais específicos, como de cada aluno ou turma de uma escola.

“A gente consegue ver todas as aulas que foram e que não foram dadas - professor a professor, sala a sala, escola a escola. Ao acompanharmos isso, conseguimos ver se estamos sendo eficazes e pensar no que fazer para melhorar”, pontua Renato Feder, secretário da Educação.

No Colégio Cívico-Militar João Turin, em Curitiba, o BI está sendo utilizado para identificar estudantes que possam estar em situação de abandono escolar. “Estamos fazendo um mapeamento dos alunos, verificando quem está fazendo as atividades, os que nunca acessaram a plataforma de ensino remoto, os que participam só de algumas disciplinas”, conta Tânia Barcala, vice-diretora do colégio. “Com essa informação, entramos em contato com os pais desses alunos para entender quais são as dificuldades e indicar soluções”, explica.

A ferramenta se destaca, principalmente, como recurso para identificar os problemas e encontrar estratégias para saná-los. “É um painel de gestão, dirigido por dados, que possibilita a recuperação de alunos e avaliação de como o ensino remoto está sendo realizado”, ressalta Gustavo Garbosa, diretor de Tecnologia e Inovação da Seed-PR. “Então, é uma ferramenta formidável de gestão que nós desenvolvemos e entregamos na mão de toda a rede, para a tomada de decisões.”

 

Últimas Notícias