Servidores das escolas exclusivas de Educação em Tempo Integral passam por formação
04/02/2020 - 15:23

Cerca de 450 servidores que vão atuar nas escolas exclusivas de Educação em Tempo Integral (ETI) estão em Curitiba até sexta-feira (7) para formação específica da área. São professores, diretores, pedagogos e técnicos dos Núcleos Regionais de Educação (NREs) que participam de palestras, dinâmicas e oficinas com exercícios voltados à elaboração de planos de ação e guias de aprendizagem, que serão utilizados para o planejamento das aulas.  

Em 2020, 15 escolas de 10 NREs serão exclusivamente de ETI. As instituições vão funcionar em turno único, com nove aulas por dia. Os alunos terão também uma hora de almoço e dois intervalos de 15 minutos, totalizando nove horas diárias de atividades e 45 horas semanais.

Uma das premissas do modelo pedagógico da ETI é a Pedagogia da Presença, que propõe ao aluno assumir o papel de protagonista no processo de ensino e aprendizagem. O professor, por sua vez, não deve atuar somente com foco na docência, mas de modo a inspirar os estudantes na construção de um mundo melhor. Com esse modelo, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte busca formar o indivíduo ética, cultural, política, física e cognitivamente, além de ajudar o jovem a organizar melhor o seu tempo.

Técnica pedagógica do NRE de Umuarama, no Noroeste do Estado, Rosa Vicente Peres conta que esse será o primeiro ano do núcleo com uma escola que vai funcionar exclusivamente em ETI. “A expectativa é muito grande e os relatos dos nossos professores têm sido bem positivos. Eles estão otimistas com a formação, estão gostando e entendendo o processo. Na minha opinião, a Educação Integral é o caminho para a educação plena, e entendo que estamos no caminho certo. Os docentes de Umuarama estão bem empolgados”, afirma.

PROTAGONISMO JUVENIL – Ao fomentar o protagonismo juvenil dos estudantes, as equipes das escolas de ETI terão como objetivo orientar os adolescentes para descobrir aonde eles querem chegar e, assim, ajudá-los nessa jornada. Serão fomentados Clubes de Protagonismo, desenvolvidos pelos próprios estudantes para que eles possam explorar em conjunto seus interesses. Ainda, os professores serão incentivados a ocupar um espaço de mentoria.

Para Jaison Kurylo, que atua no NRE de Laranjeiras do Sul, no Centro-Sul, enxergar o estudante como protagonista é fundamental para um processo eficaz de ensino e aprendizagem. “Nós sempre procuramos incentivar os professores a colocar o aluno como protagonista, e não como um mero receptor. A partir do momento em que o estudante assume esse papel, ele tem condições de questionar, não sendo apenas uma 'esponja' que absorve o conteúdo”, opina.

CALENDÁRIO DIFERENCIADO – Justamente por conta dessa formação específica para os profissionais que vão atuar em escolas de ETI é que o ano letivo vai começar em data diferenciada nessas instituições. Enquanto a maioria dos estudantes da rede estadual de ensino volta às salas nesta quarta-feira (5), as aulas para os jovens matriculados nas 15 escolas exclusivas de ETI começam na próxima segunda-feira (10).

Ainda, como os dias de Estudo e Planejamento dos primeiros trimestres estarão concentrados em fevereiro, os dias 15 de maio e 20 e 21 de julho, que são dias de Estudo e Planejamento no Calendário Escolar 2020 regular, serão dias letivos para os alunos e para a equipe escolar das escolas de Tempo Integral. O calendário completo pode ser acessado aqui.

COLÉGIOS – Confira quais colégios passarão a ser exclusivamente de Educação em Tempo Integral em 2020:

Núcleo Regional de Educação de Assis Chateaubriand

Colégio Estadual Humberto de Alencar Castelo Branco, em Jesuítas

Colégio Estadual Padre Anchieta, em Assis Chateaubriand

Núcleo Regional de Educação de Campo Mourão

Colégio Estadual Machado de Assis de Barbosa Ferraz, em Barbosa Ferraz

Núcleo Regional de Educação de Curitiba

Colégio Estadual João Bettega, em Curitiba

Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu

Colégio Estadual Monsenhor Guilherme, em Foz do Iguaçu

Colégio Estadual Pioneiros, em Foz do Iguaçu

Núcleo Regional de Educação de Laranjeiras do Sul

Colégio Estadual José Marcondes Sobrinho, em Laranjeiras do Sul

Colégio Estadual Professora Elenir Linke, em Cantagalo

Colégio Estadual José de Anchieta, em Quedas do Iguaçu

Núcleo Regional de Educação de Loanda

Colégio Estadual Constantino Marochi, em Santa Cruz do Monte Castelo

Núcleo Regional de Educação de Londrina

Colégio Estadual Dário Vellozo, em Londrina

Núcleo Regional de Educação de Pato Branco

Colégio Estadual Professora Hercília França do Nascimento, em Mangueirinha

Núcleo Regional de Educação de Umuarama

Colégio Estadual Professora Hilda Trautwein Kamal, em Umuarama

Colégio Estadual Malba Tahan, em Altônia

Núcleo Regional de Educação de Pitanga

Colégio Estadual Professora Júlia H. de Souza, em Pitanga

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias