Concurso de Remoção 2016 - Resultado do 2º Processo

editalEdital nº 81/2016 - DG/SEED
Estabelece normas e procedimentos para a 1ª Etapa do Concurso de Remoção 2016, dos Professores do Quadro Próprio do Magistério - QPM e do Quadro Único de Pessoal do Poder Executivo - QUP, da Rede Estadual de Educação Básica do Paraná, conforme o disposto no Artigo 5º, da Resolução nº 3519/2015, de 30/10/2015.
Anexo: Relatório de Vagas. Caso o link não abra acesse via Google Drive.

decreto
Decreto 5038 - 25 de junho de 2012

Realiza Concurso de Remoção a ser regulamentado por meio de Edital Público.


resoluçãoResolução nº 3519/2015 - DG/Seed
Dispõe sobre as normas para lotação e Concurso de Remoção dos ocupantes do cargo de Professor do Quadro Próprio do Magistério e Quadro Único de Pessoal do Poder Executivo, da Rede Estadual de Educação Básica do Paraná, conforme prevê o Decreto n.º 5038/2012.



Resultado Final:

resultado detalhado
Resultado Detalhado

resultado simplificado
Resultado Simplificado

resultado recurso
Resultado do Recurso

Resultado Preliminar:

resultado detalhado
Resultado Detalhado

(somente os removidos no processo)
resultado simplificado
Resultado Simplificado

(todos os inscritos no processo)


Recursos:

Inscrições para o Concurso de Remoção
Recursos

(disponível a partir de 05/12/16, após a divulgação do Resultado Preliminar)

(Utilizar preferencialmente o navegador Mozilla Firefox)

(configure o seu navegador para desbloquear ou permitir pop-ups)
O servidor poderá interpor recurso contra o Resultado Preliminar do Concurso de Remoção, desde que devidamente fundamentado, indicando os pontos a serem examinados e o amparo legal para a sua contestação, do dia 05/12/16, após a divulgação do Resultado Preliminar até às 17 horas do dia 07/12/16.

Clique no ícone ao lado para interpor recurso.




Importante:

  • Não será admitida outra forma de recurso.
  • Esclarecemos que caberá recurso apenas aos professores que fizeram a inscrição no referido Processo.
  • Antes de interpor recurso, o professor deverá ler atentamente a legislação que ampara o Concurso de Remoção (Decreto, Resolução e Edital). 
  • Sua fundamentação deverá ser clara, consistente e objetiva, elencando os pontos a serem analisados e amparo legal para a contestação, no Decreto, na Resolução e no Edital deste Processo.
  • Não são considerados procedentes os recursos que apresentem como fundamentação erros de preenchimento no formulário de inscrição (por exemplo, escolha da LF errada, posição equivocada na ordem das opções), ou situações não amparadas pela legislação vigente (exemplo, carga horária menor do que a prevista para o cargo), ou solicitações de vagas utilizadas por professores com melhor classificação do que o requerente (o critério para a utilização da vaga é a classificação do professor no Concurso de Remoção, considerando suas prioridades e a carga horária mínima, por cargo, prevista no Edital, assim, caso este professor tenha sido removido para a sua 7ª opção, um professor com classificação inferior a dele que tenha escolhido o mesmo município em sua 1ª opção não poderá requerer esta vaga). O Concurso de Remoção possui legislação e classificação próprias, não considera a classificação do Concurso Público, que é utilizada na investidura do cargo.
  • As vagas disponibilizadas no 1º Processo do Concurso de Remoção, que não foram utilizadas, nem sempre podem ser consideradas neste Processo, uma vez que devem ser descontados do total de horas do município, os professores lotados no município e excedentes em outras instituições de ensino
  • O Resultado Final do processo será divulgado no dia 16/12/16.
  • É aconselhável o uso de um editor de texto para a escrita da fundamentação e, após, transferência para o campo "Recurso" no sistema, uma vez que a página pode expirar, perdendo-se as informações já inseridas.
Recomendar esta página via e-mail: