Busca Educação

Institucional

15/03/2012

Governo nomeia 2.047 professores e prepara concurso

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (15) a nomeação de 2.047 professores para a rede pública estadual. Com isso, chega a 11.563 mil o número de docentes contratados apenas neste ano. Os novos contratados foram aprovados no concurso realizado em 2007, que expira esta semana. Por isso, a Secretaria da Educação já começa a organizar um novo concurso, a ser realizado ainda este ano.

“Não vamos medir esforços para garantir um ensino de excelência no Paraná”, disse o governador. Ele destacou que a educação é instrumento fundamental de emancipação humana e de transformação da sociedade para melhor.

Richa já havia nomeado em fevereiro 9.516 professores. No ano passado, o governo contratou outros 2,5 mil professores e 4,5 mil funcionários para a educação.

Os que assumem agora entram para o quadro estável de servidores do Estado para atuar no ensino fundamental e médio, e receberão salário de R$ 1.748,00, mais R$ 509,00 como vale transporte.

De acordo com o secretário da Educação, Flávio Arns, com os reajustes previstos para maio e outubro, o salário base passará de R$ 2 mil e o teto, que hoje é de R$ 6 mil, chegará a R$ 7 mil. “Ser professor voltou a valer a pena”, comentou Arns. Ele disse que a oferta de boas perspectivas de carreira mostra que o governo está empenhado na valorização do professor.

Em 15 meses de gestão, o governo Beto Richa contratou 19.573 servidores para a área da educação, que emprega cerca de 80 mil em todo o Estado. A contratação de concursados, de acordo com o secretário Arns, garante mais estabilidade e um plano de carreira, no qual a mobilidade vai depender da atuação e dos cursos que o professor fizer.

Os professores nomeados agora tomam posse a partir da semana que vem, iniciando em seguida as atividades em sala de aula.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.