Eventos

06/09/2012

Núcleos realizam eventos do Paraná Sem Corrupção

O movimento Paraná Sem, Corrupção tem como foco, este ano, a comunidade escolar. Professores e promotores de Justiça foram mobilizados, nos municípios pertencentes aos 32 Núcleos Regionais de Educação, para desenvolverem ações que serão aplicadas a estudantes do ensino médio.

O Ministério Público de Manoel Ribas, em parceria com o Núcleo Regional de Educação de Pitanga, colégios estaduais, Secretarias Municipais de Educação e Assistência Social promoveram, na terça-feira (04), o lançamento do "Movimento Paraná Sem Corrupção" em Nova Tebas. Na ocasião, cerca de 350 pessoas participaram de uma palestra sobre corrupção, os reflexos negativos nos direitos sociais, individuais e coletivos e as formas de combate.

A assistente do Núcleo, Mirna Auly Grande, enfatizou sobre o papel da educação na formação cívica e no combate à corrupção. “É necessário promover a conscientização de alunos e a necessidade em fomentar atividades que contribuam para o fortalecimento da cultura da honestidade dentro e fora da escola”, disse.

A ideia é incentivar a discussão crítica, a participação social e a educação para a cidadania, a fim de iniciar uma verdadeira mudança cultural capaz de eliminar a corrupção. "Precisamos resgatar os valores da honestidade, da transparência, do respeito e da dignidade”, disse a professora Rita de Cassia Morais, coordenadora do movimento na regional. Rita espera que os alunos envolvidos sejam multiplicadores da cultura cívica, ajudando a construir uma sociedade mais justa.

Em Toledo, evento semelhante realizado nessa quarta-feira (05) contou com a participação de 200 pessoas. De acordo com o promotor de Justiça Hugo Evo Urbano, a participação dos profissionais da educação no movimento é fundamental, não apenas porque eles podem administrar recursos públicos, mas por que estão diariamente em contato com os alunos. “Acredito que ao lado do Ministério Público, os professores também são agentes de combate à corrupção”, comentou.

Para contribuir com o trabalho docente, a Secretaria de Estado da Educação elaborou atividades articuladas aos conteúdos curriculares propostos pelas Diretrizes Curriculares Orientadoras para a Educação Básica da Rede Estadual de Educação do Paraná.

As ações desenvolvidas também possibilitam que a escola possa se constituir como um espaço democrático de desenvolvimento, estimulando a participação social e política dos jovens no enfrentamento e combate à corrupção.
Em junho, representantes dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs) participaram de uma webconferência sobre o Movimento e em julho do 1º Encontro Estadual Movimento Paraná sem Corrupção, época em que houve o lançamento oficial do Programa.

O Movimento Paraná Sem Corrupção é uma iniciativa que surgiu da parceria entre o Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da coordenação paranaense da campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, o Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), e o Grupo GRPCom.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.