Institucional

22/11/2012

Paraná implanta sistema para avaliar aprendizagem nas escolas

A Secretaria de Estado da Educação está aplicando nesta quinta-feira (22) a primeira prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica do Paraná (Saep). Participam da avaliação 300 mil estudantes do 9º ano do ensino fundamental (antiga 8ª série), do 3º ano do ensino médio e do último ano do ensino médio técnico e de formação de docentes, matriculados em 2.100 escolas da rede estadual.

O novo sistema foi desenvolvido para medir a aprendizagem dos estudantes e para subsidiar os professores na prática docente, facilitando a formulação e o monitoramento de políticas educacionais.

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, afirma que o Saep é uma ferramenta a mais para auxiliar na melhoria da qualidade da educação. Segundo ele, o resultado da avaliação vai permitir que cada escola promova as ações necessárias para ajudar o aluno no período em que ele está na rede estadual. “O objetivo é ver como estamos, para uma reflexão com a comunidade escolar. Queremos melhorar a qualidade e para isso é preciso saber em que condições a educação está, para poder interferir no processo e ajudar a escola, durante o ano todo”, afirmou.

A superintendente da Educação, Meroujy Cavet, disse que a criação do Saep não interfere na realização das avaliações nacionais e que o Paraná continuará usando as informações resultantes das avaliações do governo federal, como a Prova Brasil, Saeb e o Enem, mas decidiu fazer uma avaliação interna própria, para ter um diagnóstico melhor da aprendizagem dos estudantes da rede estadual de educação básica e subsidiar a prática docente.

“A diferença em relação às avaliações do governo federal é que quando o resultado chega o aluno não está mais na rede estadual de educação. Nossa avaliação propõe que se faça a intervenção a tempo, quando o aluno ainda está conosco, para que ele saia da escola bem formado, que termine a educação básica com qualidade”, diz a superintendente. “Cada escola receberá um caderno com os resultados para saber como estão seus alunos e como deverá organizar o planejamento das ações”, explica.

Neste ano, os estudantes estão respondendo 26 questões objetivas das disciplinas de matemática e 26 questões de português. O tempo de aplicação da prova é de três horas. A partir de 2013, o Sistema de Avaliação da Educação Básica será aplicado duas vezes ao ano (março e novembro), envolvendo novamente as disciplinas de português e matemática, mas desta vez com alunos da 6º ano do ensino fundamental e da 1ª série do Ensino Médio.

A avaliação também prevê a aplicação de questões pedagógicas e de gestão, que serão respondidas por diretores e professores das disciplinas de matemática e português, que somam pouco mais de 17 mil profissionais.

De acordo com a Superintendência da Educação, não foi constatado nenhum incidente que comprometesse a aplicação da prova do Saep no Paraná ao longo do dia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.