Ensino

02/01/2014

Multinacional escolhe alunos de centro de educação

Os alunos que se formaram no fim de 2013 nos cursos técnicos de química e eletromecânica do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) de Curitiba, Boqueirão, saíram da escola com carreira profissional promissora pela frente, em uma grande multinacional. Todos terão preferência de contratação pela Sumitomo Rubber do Brasil.

A empresa japonesa instalou uma unidade em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, em setembro, com apoio do Governo do Estado, pelo programa Paraná Competitivo. A fábrica é a primeira instalada fora da Ásia pela Sumitomo. A indústria tem capacidade para fabricar 15 mil pneus por dia, das marcas Dunlop (linha para utilitários) e Falken (linha de alta performance). O investimento na fábrica foi de R$ 750 milhões e serão criados 1.500 postos de trabalho até 2017.

Entre os empregados estarão os alunos formados pelos cursos técnicos do Ceep Curitiba. No início de dezembro, representantes da área de recursos humanos da Sumitomo estiveram na escola estadual para palestras com os formandos de química e eletromecânica. “Fizemos duas visitas no colégio para apresentar as oportunidades de emprego que podem surgir na Sumitomo. Já recebemos fichas de inscrições dos alunos, que serão analisadas”, afirmou o gerente de recursos humanos da Sumitomo Rubber do Brasil, Kassem Mohamed El Sayed.

Os cursos de química e eletromecânica contam com 600 alunos no Ceep Curitiba. Futuramente, todos poderão fazer estágios na empresa japonesa. No fim de 2013, 150 alunos, com idades entre 18 e 25 anos, vão se formar nos dois cursos.

RECONHECIMENTO - Os representantes da multinacional apresentaram a história e o funcionamento da Sumitomo e explicaram que um dos motivos da escolha do Paraná foi desempenho acadêmico e intelectual dos estudantes paranaenses. “Os alunos do Ceep Curitiba podem se candidatar aos cargos técnicos ou aos cargos de primeiro emprego. A formação técnica que eles receberam no colégio é bastante valorizada pelas empresas, não só pela Sumitomo. Agora esses talentos podem ser lapidados no mercado de trabalho”, definiu Sayed.

“Isso mostra a importância para os alunos em terem a formação técnica. Hoje as empresas precisam de mão de obra qualificada. A procura da Sumitomo reforça a ideia que os jovens estão no caminho certo ao procurar a formação técnica”, explicou o diretor do Ceep Curitiba, Edson Luiz Martins.

Jeferson Bispo de Brito, 21 anos, morador de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, disse que vai participar do processo de seleção. Ele fez o curso técnico em eletromecânica integrado com o ensino médio e faz planos para a carreira. “Achei uma ótima oportunidade, porque já saímos direto para o mercado de trabalho. Vamos poder desenvolver o que aprendemos no colégio. Espero construir minha carreira na Sumitomo”, disse Jeferson.

O diretor explicou que a escola mantém contato com a maioria das grandes empresas de Curitiba e região. “Temos contato com todas as áreas industriais dos cursos que oferecemos”, disse Edson Martins.

ESPERANÇA – O estudante Daniel Vilanova Mendes, 18 anos, mora no Boqueirão e fez o ensino médio integrado com o curso técnico em química. “O curso prepara muito bem os jovens para o mercado de trabalho, concluir o ensino médio técnico dá uma amplitude maior para entrarmos no mercado de trabalho”, afirmou.

Daniel Vilanova já enviou o currículo para a Sumitomo e está ansioso para começar a carreira em uma empresa multinacional. “Quero agarrar essa oportunidade. Será muito importante para nós já começarmos a trabalhar numa empresa do porte da Sumitomo”, definiu.

A aluna Paula Heloiza Santos Coelho, 19 anos, também quer garantir uma vaga na multinacional. “Há vários técnicos se formando e achei interessante a empresa vir aqui no colégio para oferecer essa oportunidade de emprego. Vou participar da seleção”, disse a estudante.

PARANÁ - Aproximadamente 15 mil estudantes vão se formar nos cursos técnicos ofertados gratuitamente pelo Estado. Atualmente os jovens encontram 55 opções de cursos profissionalizantes em 355 escolas estaduais do Paraná. Na página www.educacao.pr.gov.br/cursostecnicos o estudante encontra todas as opções de cursos.

“Na rede estadual de ensino os jovens encontram opções de cursos técnicos das principais áreas industriais. Todos são gratuitos e oferecem estágios para encaminhar os estudantes ao mercado de trabalho”, afirmou a diretora do Departamento de Educação e Trabalho (DET) da Secretaria de Estado da Educação, Fabiana Campos.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Últimas Notícias

Leia mais