Institucional

09/06/2014

Exposição em escola é tema de reportagem internacional

Os trabalhos sobre a Copa do Mundo feitos pelos alunos da Escola Estadual Dom Pedro II, de Curitiba, foram tema de uma reportagem especial da agência de notícias internacional Associated Press (AP). Os jornalistas estrangeiros estiveram na tarde desta sexta-feira (6) na escola para fazer a reportagem.

Eles entrevistaram alunos e filmaram salas de aula, uma partida de futebol que estava sendo disputada entre os estudantes e os cartazes que preparam sobre a Copa do Mundo. A Associated Press é uma agência de notícias norte-americana, uma das maiores e mais antigas do mundo. O material produzido pela agência é divulgado para mais de 600 redes de televisão do mundo.

Os jornalistas procuraram a Secretaria da Educação do Paraná para saber em quais escolas foram desenvolvidos trabalhos com o tema da Copa do Mundo. A Escola Dom Pedro II foi a indicada para a reportagem, mas em todas as regiões do Estado as escolas estaduais desenvolveram trabalhos relacionados com o tema.

A Escola Estadual Dom Pedro II organizou uma exposição envolvendo todos os alunos, professores e funcionários. A mostra é aberta à comunidade e pode ser conferida até este sábado (7). Os 650 alunos da escola na Capital fizeram pesquisas e trabalhos com o tema da Copa envolvendo todas as disciplinas do currículo.

A diretora Ruthi Mara Trentin Moraes destacou que a parte pedagógica envolvida nos trabalhos é ainda mais importante que a exposição em si. “Os alunos tiveram que pesquisar para fazer esses cartazes e trabalhos. Em todas as disciplinas tiveram que procurar informações e o resultado foi muito bom. Em geografia, por exemplo, os alunos trabalharam os impactos das grandes obras no meio ambiente”, explicou a diretora. “Fiquei feliz com essa repercussão internacional. Não achei que nossos trabalhos iriam chegar tão longe”, afirmou Ruthi.

O aluno Gabriel Marcelo Svidnicki, 15 anos, do 9º ano, foi um dos estudantes entrevistados pelos jornalistas da agência internacional. “Nós fizemos pesquisas e trabalhos sobre a Copa do Mundo. O lado bom e o ruim da Copa. Futebol é diversão com os amigos, gosto de jogar na escola para me divertir”, disse o estudante.

LIVRO DA COPA - O livro “O Contexto do Futebol no Mundo: do senso comum à crítica pedagógica” também ajudou os professores a trabalhar o tema com os alunos. O livro foi publicado pela Secretaria da Educação e pela Coordenação Geral da Copa do Mundo 2014 e distribuído na rede pública estadual e também em escolas especiais atendidas pelo Governo.

O livro, lançado em abril de 2014, foi produzido por 61 professores da rede estadual de ensino. A publicação integra o tema Copa do Mundo às disciplinas curriculares e o seu conteúdo faz parte do planejamento curricular escolas estaduais.

A professora Lilian Messias Sampaio Brito, uma das organizadoras do livro e autora de um dos artigos que estão na publicação, também foi entrevistada pelos jornalistas da agência AP. “O livro tem sido um subsídio para ser usado na sala de aula. Aqui na escola Dom Pedro II me surpreendeu, os alunos foram muito além do que eu imaginava. Eles conseguiram abordar temas que não estão contemplados no livro”, explicou Lilian.

Segundo a professora, o livro é uma iniciativa inédita no Brasil. “Não se tem notícia de nenhum outro livro voltado para a discussão da Copa do Mundo dentro da sala de aula, um livro pedagógico sobre o tema voltado para os professores”, afirmou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.