Profissionais da Educação

31/08/2017

Bancas para avaliação de professores e interpretes de libras

A Secretaria de Estado da Educação iniciou as bancas para avaliação de professores bilíngues em português e libras e Tradutores e Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (TILS) para proficiências dos profissionais que atuarão em escolas e centros para surdos e salas de recursos multifuncionais surdez.

A avaliação faz parte do processo para contratação dos profissionais por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS). A banca para 60 tradutores e intérpretes começou na terça-feira (29) e encerra na próxima quarta-feira (6). Já para os 70 professores as avaliações serão realizadas entre os dias 11 e 29 de setembro.

As avaliações para tradutores e intérpretes acontecem a cada semestre. Para professores bilíngues essa será a primeira banca de avaliação realizada no Brasil.“É uma ação inédita no Paraná e no Brasil que tem como objetivo avaliar a proficiências desses profissionais em português e em libras para atuar nas escolas e instituições conveniadas a Secretaria da Educação”, explicou o coordenador de Centro de Apoio aos Profissionais da Educação de Surdez da Secretaria da Educação, Júlio César Correia Carmona.

As bancas estão previstas nas resoluções 3.152/2017 e 3.153/2017. A rede estadual de ensino conta atualmente com 780 Tradutores e Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais e 350 professores bilíngues (português e libras) que atuam em escolas da educação básica e escolas bilíngues para surdos e salas de recursos multifuncionais/surdez e centros de atendimento educacionais especializadas/surdez, respectivamente.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.