Ensino

09/10/2017

Estudante vai representar o Paraná no Jovem Senador

Vitória Carolina de Almeida, 17 anos, do 3° ano do ensino médio do Colégio Estadual 14 de Dezembro, do município de Alvorada do Sul (na região Norte do Estado) será a representante paranaense na 10° edição do concurso de redação do Senado. O mandato da jovem senadora será entre os dias 27 de novembro e 02 de dezembro, em Brasília (DF). A cerimônia de posse será no dia 28 de novembro, no plenário da Casa.

O anúncio dos selecionados foi feito pelo presidente do Senado, senador Eunício Oliveira, no dia 4 deste mês. O projeto Jovem Senador possibilita a jovens brasileiros a experiência da vida parlamentar, educação política, além do exercício da cidadania e democracia participativa.

Vitória vai se reunir com outros 26 estudantes, um de cada unidade da federação, para simular o exercício da atividade parlamentar. “A expectativa é grande porque o conhecimento que temos da vida política é superficial, e essa experiência vai possibilitar conhecer um pouco mais de como é feita a política em nosso país”, disse a estudante.

A proposta de redação do concurso foi “Brasil plural: para falar de intolerância”. “Decidi participar porque é um tema que chama minha atenção devido o aumento de casos de intolerância em nossa sociedade nos últimos anos”, afirmou Vitória, que participou pela primeira vez do concurso.

Para produzir a redação foi necessária muita pesquisa em livros, internet, grupos de estudo e debates em sala de aula com professores e colegas. “Sempre que tinha um tempo livre eu aproveitava para pesquisar e aprofundar meus conhecimentos sobre o tema”, disse ela. As novas informações eram anotadas em um caderno. A pesquisa foi orientada pela professora Maria do Livramento Machado Santoro.

A dissertação produzida por Vitória, “No meu Caminho Tinha uma Pedra”, é uma referência ao poema de Carlos Drummond de Andrade (No meio do caminho). O trabalho faz um recorte do conceito de modernidade líquida do filósofo polonês Zygmunt Bauman e casos recentes de intolerância presenciados na sociedade.

FUTURO - Vitória destacou a importância da participação dos jovens na política. “Quem vai cuidar do Brasil no futuro são os jovens. Por isso é importante termos mais embasamento e participação na política para conhecer como funciona a democracia e o processo político em nosso país”, disse.

JOVEM SENADOR – O programa Jovem Senador reúne 27 alunos, um de cada unidade da federação, para simular a atividade parlamentar durante uma semana, dentro do Senado. A legislatura jovem inicia após a eleição da Mesa Jovem e encerra com a aprovação e publicação no Diário do Senado Federal dos projetos criados pelos jovens parlamentares. Nas últimas seis edições do programa, 45 sugestões foram encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, das quais 37 viraram projetos de lei.

O Jovem Senador é uma parceria do Senado com o Ministério da Educação e Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed),além do apoio das secretarias de Educação dos estados e do Distrito Federal.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.