Ensino

20/04/2018

Formação profissional gratuita em CEEPs muda realidade local

Entre o segundo semestre de 2015 e início de 2016, a população dos municípios de Fazenda Rio Grande e Almirante Tamandaré, ambos na Região Metropolitana de Curitiba, receberam do Governo do Estado dois modernos Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEPs) com capacidade para ofertar cursos técnicos gratuitos para até 2,4 mil alunos.

“Os CEEPs são escolas técnicas que estão transformando o Paraná. Ao mesmo tempo em que atendem as demandas dos setores produtivos de diferentes regiões do Estado, abrem novas oportunidades e perspectivas de trabalho para os jovens, garantindo a formação profissional gratuita e novas possibilidades de emprego e renda”, disse a secretária da Educação, Lucia Cortez.

Em dois anos e meio, o CEEP Erotides Ângelo Nichele, de Fazenda Rio Grande, já formou cerca de 200 técnicos em Logística. Entre julho e dezembro, a escola formará outros 160 profissionais da área de Logística e, em dezembro, mais 90 técnicos em Administração, 25 em Segurança do Trabalho e 25 em Meio Ambiente.

NOVAS OPORTUNIDADES - O técnico em Logística Joel Barreto Junior, concluiu o curso em julho. Ele optou pela formação técnica para ampliar as possibilidades de emprego e dar continuidade aos estudos. “Escolhi fazer o curso para ter mais conhecimento na área e crescer na empresa. Com curso técnico e experiência adquirida com a prática profissional, tenho certeza que ampliei as minhas oportunidades”, disse Joel.

O CEEP possui 850 alunos dos municípios de Fazenda Rio Grande, Mandirituba, Curitiba e Araucária aos quais oferta cursos de Logística, Administração, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Manutenção Automotiva nas modalidades integrada (Ensino Médio junto com a formação técnica) e subsequente (para quem já concluiu o Ensino Médio).

A diretora do CEEP, Mirian Lúcia Santos Maurer, contou que a escola proporcionou aos moradores do município novas perspectivas de trabalho, renda e qualidade de vida.

“Temos uma demanda de trabalho em nosso município, mas não contávamos com profissionais capacitados para suprir essa necessidade. Os que já tinham a formação profissional iam trabalhar em Curitiba, tornando o nosso município dormitório. Hoje temos um parque industrial dinâmico com muitas vagas e uma escola técnica que proporciona a formação profissional gratuita”, disse.

Com os cursos técnicos gratuitos e a possibilidade de emprego no próprio município, os moradores não precisam mais se deslocar para outras cidades em busca de trabalho.

“O CEEP é muito importante porque os moradores estão se qualificando e conseguindo se inserir no mercado de trabalho do próprio município. O profissional qualificado é melhor remunerado, também não precisa se deslocar para outra cidade e, com isso, pode ter uma qualidade de vida melhor e ficar mais tempo com a família”, destacou Mirian.

QUALIDADE DE VIDA – Passar mais tempo com a família e ter uma renda mais alta foram os principais motivos que fizeram com que a cozinheira Maritânia Bezerra Gama, de 38 anos, iniciasse o curso técnico em Segurança do Trabalho no CEEP Theodoro de Bona, em Almirante Tamandaré.

Depois de 17 anos trabalhando nos finais de semana, Maritânia viu na formação profissional a chance para buscar novas oportunidades de emprego. “Eu vi nesse curso a oportunidade de fazer algo diferente em que eu pudesse estudar sem atrapalhar o trabalho, mas que também pudesse ter o final de semana para descansar”, contou.

Maritânia se forma em dezembro, mas há dois meses já atua como estagiária na área que estuda. Segundo ela, a oferta do curso gratuito serve como incentivo para continuar estudando. “Pesquisei e alguns cursos custam entre 10 e 12 mil e essa oportunidade de estudar gratuitamente caiu do céu, não só para mim, mas para todos que não têm como pagar”, disse.

REFERÊNCIA – O CEEP Theodoro de Bona começou a funcionar em fevereiro de 2016. Hoje a escola atende cerca de 400 alunos de Almirante Tamandaré, Curitiba e de Rio Branco do Sul com cursos técnicos em Química, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Informática, nas modalidades integrado ao Ensino Médio ou subsequente, para quem já concluiu os estudos.

Em julho, a escola vai formar a primeira turma do curso de Segurança do Trabalho. Em dezembro, concluirão os cursos alunos de Química, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.

Segundo o diretor Carlos Fortunato de Palma, a escola trouxe avanços sociais, econômicos e educacionais para a região. “Por se tratar de uma região carente, a maioria dos alunos não tem condições de pagar uma faculdade particular. O CEEP representa a oportunidade de obter um curso pós-médio gratuito e permite a esses alunos a continuidade dos estudos”, disse.


Governo do Estado inaugurou 11 novos CEEPs

Desde 2011, o Governo do Paraná já entregou 11 centros de formação técnica em diferentes regiões do Estado. Outros seis centros estão em fase de construção. Os CEEPs prontos estão localizados Fazenda Rio Grande, Pitanga, Cianorte, Assaí, Terra Roxa, Ibaiti, Francisco Beltrão, Bandeirantes, Almirante Tamandaré, Laranjeiras do Sul e Manoel Ribas.

Os Centros Estaduais de Educação Profissional foram construídos pelo Governo do Estado, em parceria com o governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os novos CEEPs ofertam gratuitamente cursos técnicos em Administração e Formação de Docentes, Informática, Meio Ambiente, Segurança do
Trabalho e Química, Logística, Manutenção Automotiva, Vestuário, Vendas e Recursos Humanos, Alimentos, Cozinha, Eletrotécnica, Enfermagem, Mecatrônica, Agronegócio, Edificações, Eletroeletrônica, Agroindústria e Agropecuária.

A oferta dos cursos foi definida pela Secretaria de Estado da Educação após consultas feitas à comunidade escolar e estudos dos arranjos produtivos locais.

Consulte AQUI a lista dos cursos ofertados pela Secretaria da Educação em sua região.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.