Institucional

08/05/2018

Municípios recebem formação para avaliação dos planos de educação

Representantes das Comissões Coordenadoras e Equipes Técnicas de Curitiba e outros 14 municípios da Região Metropolitana iniciaram nessa terça-feira (8), na capital, o curso de formação para Avaliação dos Planos Municipais de Educação. A primeira fase da formação encerra no próximo dia 15. Já a segunda etapa acontece entre o dia 21 desse mês e oito de junho contemplando todos os 399 municípios do Paraná.

O curso é ofertado pela Secretaria de Estado da Educação por meio dos Avaliadores Educacionais (AEs) dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs) conforme determinação do Ministério da Educação (MEC) para avaliação e monitoramento dos planos estaduais e municipais de educação.

O objetivo destas formações é atualizar as informações relativas aos Planos Municipais de Educação para planejamento das atividades de avaliação e monitoramento. No curso serão trabalhados temas como a metodologia de monitoramento e avaliação, proposta pelo MEC, e a Metodologia da Busca Ativa Escolar, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), também recomendada pelo MEC como alternativa para o cumprimento das estratégias da meta relacionada ao atendimento da educação infantil, presente nos planos municipais.

As Comissões Coordenadoras e Equipes Técnicas são compostas por secretários municipais de educação, técnicos pedagógicos, representantes dos conselhos e fóruns municipais de educação, representantes do legislativo municipal e demais representantes da comunidade escolar.

A secretária de educação do município de Campo do Tenente, Marilene Aparecida Hornick, disse que a articulação entre Estado e municípios e a formação contribuem para avanços educacionais. “O Estado sempre esteve ao nosso lado e essa parceria é importante, porque as vezes os municípios não têm como ofertar a capacitação necessária aos professores. Para nós essa formação representa um crescimento porque vamos adquirir novos parceiros e conhecimentos. Já observamos um avanço no Índice de Educação Básica (Ideb) do no município, de 5,0 para 6,1”, disse Marilene.

A equipe técnica é responsável pelo acompanhamento e monitoramento do plano de educação. A técnica pedagógica de Curitiba, Cláudia Maria dos Santos Almiro, lembrou que a formação permite discutir e aprofundar os conhecimentos sobre as propostas do MEC. “Essa formação é fundamental para termos o suporte para sustentar essa discussão do plano para que seja realmente efetivado na prática”, disse.

EM AÇÃO - A atividade de monitoramento e avaliação dos planos de educação no Paraná teve início em 2017 com essa metodologia. “Para esse ano, o Ministério da Educação propõe concentrar os esforços no monitoramento da execução dos planos de educação para promoção de ações que fomentem a atuação mais efetiva do ente federado com às estratégias definidas em seus planos e que porventura já tenham prazo vencido ou que estejam longe de seu alcance”, explicou Maurício Pastor, coordenador da Rede de Assistência Técnica para o monitoramento e Avaliação dos Planos Municipais de Educação no Paraná.

“Este processo de monitoramento contínuo e avaliação periódica, deve significar uma oportunidade para ampliar a participação social e qualificar ano a ano a execução das metas dos planos”, disse Pastor.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.