Institucional

19/11/2018

Paraná prepara conferência sobre refugiados, migrantes e apátridas

O Conselho Estadual dos Direitos dos Refugiados, Migrantes e Apátridas (CERMA) vai reunir entidades da área e o poder público em uma conferência temática, marcada para o dia 8 de dezembro, em Curitiba. Os detalhes do evento foram um dos principais temas em discussão na reunião ordinária de novembro do Conselho, realizada na Secretaria da Educação do Paraná, entre os dias 13 e 14 deste mês.

Planejamento e propostas estão na pauta da conferência. “Com a colaboração e participação dos integrantes, teremos um direcionamento para o trabalho do Conselho para os próximos três anos. Também vamos definir as propostas que serão encaminhadas aos órgãos competentes estaduais e municipais para possível atendimento” explica Célia Batista, presidente do CERMA.

O local da conferência será definido após conclusão de procedimento licitatório, e em breve serão divulgadas informações sobre participação para a comunidade.

O CERMA foi instituído pela lei estadual 18.465 de 2015 e está vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SEJU) do Paraná. Ele é composto por integrantes do poder público e da sociedade civil organizada, trabalhando na implementação e fiscalização de políticas públicas voltadas aos refugiados, migrantes e apátridas.

VENEZUELA – A imigração de venezuelanos para o Brasil e o plano de interiorização do governo federal é uma das situações mais recentes sendo acompanhadas pelo CERMA. “As instituições que estão atendendo estes venezuelanos nos procuram para articular vagas de trabalho, na educação, na saúde. Apoiamos tanto os que vieram para o Paraná por meio do governo federal quanto os que estão vindo espontaneamente”, esclarece Fátima Yokohama, diretora adjunta da SEJU e representante titular da pasta no conselho.

As primeiras famílias foram direcionadas para o município de Goioerê, na região Centro-Oeste do Paraná, em agosto deste ano. “A Secretaria da Educação participa dos esforços para atender toda essa comunidade recém-chegada ao Paraná. Temos jovens matriculados no ensino regular da rede estadual, bem como oferta de curso de língua portuguesa para os adultos”, explica Marcia Leonora Dudeque, coordenadora da Educação de Jovens e Adultos da Secretaria da Educação (SEED) e representante titular da pasta no CERMA.

O Núcleo Regional de Educação de Goioerê e a Secretaria Municipal de Educação de Goioerê estão trabalhando junto à organização não-governamental que está atendendo os imigrantes venezuelanos na cidade. Estão matriculadas no ensino fundamental 19 crianças, e no curso de Português para Falantes de Outras Línguas (PFOL) do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas da SEED são 14 pessoas matriculadas.

Serviço:

Conselho Estadual dos Direitos dos Refugiados, Migrantes e Apátridas do Paraná
E-mail: cerma@seju.pr.gov.br
Tel.: (41) 3221-7960
Endereço: Av. Marechal Floriano Peixoto, 1251 - Rebouças - 80230-110 - Curitiba - PR
Site: www.dedihc.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=135
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.