Educação Profissional e Tecnológica

A Educação Profissional e Tecnológica (EPT) é uma modalidade educacional que possui o objetivo de facilitar a inserção e atuação do estudante no mundo do trabalho. Atualmente, contempla cursos gratuitos de qualificação, habilitação técnica e tecnológica, ofertados nas formas: integrada, concomitante e subsequente.

A Secretaria de Estado da Educação do Paraná oferta Cursos Técnicos gratuitos dos diversos eixos tecnológicos, com carga horária mínima de 800 horas. Esses cursos proporcionam ao estudante o conhecimento para continuidade de seus estudos e a certificação para atuar profissionalmente.


Os Cursos Técnicos de nível médio podem ser ofertados das seguintes formas:

Forma de oferta  Público-alvo  Duração
Concomitante
Para quem ingressa no ensino médio ou a quem já o esteja cursando, efetuando-se matrículas distintas para cada curso, seja na mesma instituição ou em distintas instituições e redes de ensino.
Alunos matriculados a partir do 2º ano do Ensino Médio De 1 a 2 anos
Integrado
Curso técnico em que o estudante realiza simultaneamente o ensino técnico e o ensino médio na mesma escola.
Concluintes do Ensino Fundamental (9º ano) De 1 a 2 anos
Proeja
A oferta de cursos técnicos para os que não concluíram o ensino médio na idade considerada adequada pode se dar articulada com a educação de jovens e adultos nas formas integrada ou concomitante.
Concluintes do 9º ano do Ensino Fundamental com idade acima 18 anos De 1 a 2 anos
Subsequente
Curso de capacitação profissional técnica de nível médio, que o estudante pode cursar após ter concluído o ensino médio.
Concluintes do Ensino Médio De 1 a 2 anos
 

 

O curso de Formação de Docentes da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental em nível médio na modalidade Normal faz parte da Educação Profissional e é ofertado na forma de currículo pleno, para estudantes concluintes do 9º ano.

De acordo com a Deliberação n° 05/2013 - CEE, os diplomas de técnico de nível médio correspondentes aos cursos realizados na forma integrada têm validade tanto para fins de habilitação profissional quanto para fins de certificação de conclusão do Ensino Médio, para continuidade de estudos na Educação Superior.

Procure a instituição de ensino de seu interesse que oferta a modalidade e leve os seguintes documentos (original e cópia):

  • Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento;
  • RG (para maiores de 16 anos) ou Registro Nacional Migratório – RNM / Protocolo de Solicitação de Refúgio;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF (para maiores de 16 anos e estudantes da Educação Profissional;
  • Declaração de Vacinação emitida pela Unidade ou Posto de Saúde (para menores de 18 anos);
  • Fatura recente da concessionária de energia elétrica, dos últimos dois meses;
  • Comprovante de endereço adicional em nome da mãe/pai/responsável legal pelo estudante, quando a fatura não estiver em nome destes;
  • Número de telefone para contato;
  • E-mail da mãe/pai/responsável legal;
  • CPF da mãe/pai/responsável legal ou Registro Nacional Migratório – RNM / Protocolo de Solicitação de Refúgio;
  • Histórico Escolar.