Renovado, PDE terá inscrições abertas para professores em 2022
05/11/2021 - 15:36

Em 2022, os professores da rede estadual de ensino poderão participar do PDE (Programa de Desenvolvimento Educacional), que está passando por um processo de reformulação. A nova proposta está a caminho da Assembleia Legislativa do Paraná e prevê alterações na Lei Complementar 130/2010, passando por itens do edital e por um novo projeto pedagógico.

As mudanças propostas consistem em um modelo à distância, sem afastamento das atividades laborais e com carga horária reduzida, mantendo a duração total do programa em dois anos. A previsão de lançamento do edital e abertura das inscrições é fevereiro de 2022.

A reformulação é fundamentada nos princípios educacionais da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR), em documentos orientadores, como a Base Nacional Comum Curricular e os referenciais curriculares, além das legislações vigentes, tendo em vista as necessidades da educação pública paranaense.

PDE — O PDE (Programa de Desenvolvimento Educacional) é um programa de formação continuada destinado a professores do Quadro Próprio do Magistério (QPM) que se encontram no nível II, classe 8 a 11, da tabela de vencimentos do plano de carreira. Ele consiste em atividades teórico-práticas orientadas e no diálogo entre os professores do ensino superior e os da educação básica.

O objetivo do programa é proporcionar aos professores da rede subsídios metodológicos para que aprimorem sua prática em sala de aula. Os docentes desenvolvem projetos educacionais e, então, têm a oportunidade de aplicá-los na escola. No caso de servidores da Seed-PR ou dos Núcleos Regionais de Educação, é possível aplicar o projeto dentro do seu próprio setor, desde que seja direcionado à gestão e formação de professores, ou na escola, fora do seu horário de trabalho, caso o projeto seja direcionado aos alunos.

Histórico — Desde a primeira edição, em 2007, participaram do PDE mais de 15 mil professores. Foram produzidos quase 30 mil materiais, que estão disponíveis para uso da rede estadual de ensino como complemento e apoio para atividades pedagógicas.

 

FAQ:

Podem participar os professores do Quadro Próprio do Magistério (QPM) que se encontram no nível II, classe 8 a 11, da tabela de vencimentos do plano de carreira. O professor pode estar trabalhando em uma instituição de ensino, na Seed, em um Núcleo Regional de Educação (NRE) ou em outros órgãos do Governo do Estado.

A princípio, serão 375 horas, no entanto, a proposta ainda passará por homologação. 

Sim, o professor cursará o PDE em um formato totalmente a distância. Já a aplicação do projeto acontecerá na escola, na Seed ou no NRE.

Não haverá afastamento. O professor poderá utilizar a carga horária destinada a estudos, dentro da hora-atividade, para se dedicar ao programa.

Nesses casos, é possível aplicar o projeto dentro do seu próprio setor (na Seed ou NRE), desde que seja direcionado à gestão e formação de professores, ou na escola, fora do seu horário de trabalho, caso o projeto seja direcionado aos alunos.

Sim, haverá aproveitamento total do mestrado. Ainda assim, é preciso que o professor passe no processo seletivo.

A seleção acontecerá por meio de prova.

Estarão disponíveis 1.600 vagas.

Sim. Não há nenhum impedimento quanto à participação concomitante nos dois programas.

Todas as informações sobre PDE 2022 estarão disponíveis no edital, que tem previsão de lançamento para fevereiro de 2022.